As pessoas com deficiência e a orientação sexual - Território Deficiente
Inscreva-se grátis para receber nossas novidades e atualizações!

As pessoas com deficiência e a orientação sexual

Esse artigo pode chegar a mais de 50 milhões de deficientes!!! Pratique a Inclusão, Compartilhe esse Post.
Compartilhe
AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E A ORIENTAÇÃO SEXUAL

Já tem uma certa dificuldade para o pessoal entender que a pessoa com deficiência faz amor, sexo, enfim que transa!!! É por causa daquele velho preconceito, que vem de séculos e que infelizmente ainda não morreu.

As pessoas com deficiência e a orientação sexual

Posso dizer que melhorou sim, ainda bem, se não eu não estaria aqui escrevendo, mas  estaria morto, pois teve uma época que se matavam os imperfeitos. Ou também podia estar internado em um hospital, largado, babando, dopado de tanto remédio, sem identidade, esperando a morte.

Evoluímos, mas ainda não olham para a pessoa com deficiência como se deve, o olhar que temos é de um modo como se a gente não pudesse vivenciar certas coisas que qualquer outra pessoa sem deficiência vivi. Uma delas é o sexo, o desejo, o prazer e a orientação sexual.

O que é orientação sexual?

Segundo o Wikipedia, a orientação sexual de uma pessoa indica por quais gêneros ela sente-se atraída, seja física, romântica e/ou emocionalmente. Ela pode ser assexual, bissexual, heterossexual, homossexual ou pansexual.

Orientação sexual!!! Todo mundo não escolhe, ou sente desejo, eu não sei bem, se é escolha a palavra certa, porém qualquer pessoa pode sentir atração pelo outro. Esse outro pode ser do outro sexo, como também pode ser do mesmo sexo. 

Vou te contar, a pessoa com deficiência também pode!!! A pessoa com deficiência tem sexualidade e se ela for  assexual, bissexual, heterossexual, homossexual ou pansexual tem algum problema? É uma orientação dela, como é uma orientação de cada um!!!


AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E A ORIENTAÇÃO SEXUAL

Eu aposto que você está pensando: já não bastasse ter uma deficiência, também é LGBT a sigla de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgêneros. A sociedade precisa parar com o estes pensamentos medíocre, preconceituoso, pequeno. 

O povo tem que olhar para o outro, com os mesmos olhos que gostaria que olhassem para você! Isso se chama empatia!!! Agora, falando francamente, qual é o problema de ter uma orientação sexual diferente do padrão estabelecido? 

Qual o problema da pessoa com deficiência fazer sexo? Qual é o problema de alguém ter uma deficiência e ser LGBTFalei ali em cima, sobre empatia, hoje está mais difícil do pessoal ter, pois as pessoas estão muito egocêntricas, só pensam no próprio umbigo. E aí, fica difícil ter empatia, né?

No entanto o respeito, temos obrigação de ter, porém estamos esquecendo dele!!! E ele, é peça fundamental para vivermos em sociedade, somos diferentes e temos os mesmos direitos, não importa raça, cor, religião, classe social, se tem ou não alguma deficiência!!!! 

Então, por favor, vamos ter o mínimo, de respeito pelo próximo, pelo o outro, ele também é ser humano e tem necessidades semelhantes a sua!!!

Essa postagem é exclusiva, não cometa crime de plágio!!! Cite a fonte e o link do blog pelo qual fez uso do artigo.
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Parceiros do Território