Problemas com Vitimismo e Deficiência? Faça Isso!!! - Território Deficiente

[Fechar]

Colabore com o Blog. Faça uma doação! Ajude na manutenção desse projeto.

Problemas com Vitimismo e Deficiência? Faça Isso!!!

Esse artigo pode chegar a mais de 50 milhões de deficientes!!! Pratique a Inclusão, Compartilhe esse Post.
Compartilhe
Problemas com Vitimismo e Deficiência? Faça Isso!!!

Muitas pessoas com deficiência se escondem, colocando nas limitações, a culpa de tudo o que acontece. Sabemos que ainda há muitos erros com a inclusão, a acessibilidade, ao olhar da pessoa com deficiência, no entanto, a culpa não é sua, são coisas bem diferentes.

No final dessa postagem vamos te recomendar um material maravilhoso que nos ajudou muito na superação desse inimigo chamado vitimismo.

Mas o que é o Vitimismo? Um sentimento de ser vítima o tempo todo, pessoas que usam desse artifício não tem avanços em sua vida porque acreditam que o vitimismo não deixa. Sendo assim, vemos com frequência, pessoas com deficiência dizendo as seguintes frases:

☛ Eu não tenho amigos porque tenho uma deficiência!!!
☛ Eu não consigo um namorado/a porque tenho uma deficiência!!!
☛ Sou feio/a porque tenho uma deficiência!!!! 
☛ Não gozo porque tenho uma deficiência!!
☛ Sou tímido/a porque tenho uma deficiência!!!
☛ Não trabalho porque tenho uma deficiência!!!

Pode não ser fácil mesmo, têm aqueles momentos em que dá vontade de jogar a toalha, desistir de tudo e ficar na cama esperando a morte chegar, mas isso não é culpa da deficiência e sim, porque somos seres humanos, com fraquezas, às vezes cansa, não dá pra ser feliz o tempo todo. 

O que acontece com a pessoa com deficiência é que para ela sair de casa, ir à luta, precisa sair totalmente da sua zona de conforto e, na maioria das vezes, o início desta batalha começa em casa, ter que enfrentar a própria família.

Problemas com Vitimismo e Deficiência? Faça Isso!!!

E para sair da zona de conforto você precisa fazer alguns esforços, como por exemplo, estudar em uma faculdade e ter que segurar o xixi ou usar fralda porque o banheiro não é acessível, ficar sem comer e beber porque não tem ninguém para auxiliar, passar horas fora de casa porque mora longe, esses são alguns exemplos... 

Com todos esses sacrifícios algumas pessoas podem pensar: "Nossa, coitada (o)!!", mas não, isso não é ser guerreira, é sair da zona de conforto em busca de mudanças!!! Não é fácil para ninguém e para a pessoa com deficiência pode ser um pouco pior, pela questão da dificuldade de ir ao banheiro, de comer, tomar uma água, enfim, as necessidades básicas do ser humano. Mas isso não quer dizer que ter uma deficiência é ser um pobre coitado, vítima do mundo!

Vá! Se arrisque, tente! Busque um parceiro (a), transe, conheça seu corpo e goze! Saia de casa, se comunique com as pessoas, converse, conheça gente nova e faça amizades! Se acha feio (a) por ter uma deficiência? Invista em você, use roupas que gosta, não deixe que escolham por você, se valorize, cuide de sua aparência!

Não se esconda atrás da deficiência, ela não é o seu escudo. Fuja da zona de conforto, que apenas te limita mais e não deixa você viver!!!

No vitimismo culpamos tudo e todos a nossa volta, mas e se o problema estiver em nós? A resposta para essa questão nós conseguimos encontrar em um pequeno e-book digital que queremos te recomendar. Chamado: Superação - 4 Passos Para Se Reestruturar Internamente Rumo Aos Seus Objetivos.

Esse material nos ajudou muito e queremos compartilhar ele com você que nos acompanha aqui no blog, ele é um material digital em pdf, ou seja, pode baixá-lo agora mesmo, o melhor é que ele está com um valor simbólico, saiba mais no botão abaixo.


Ser vítima ou protagonista da sua própria história, o que você vai escolher?

Curta a nossa página no facebook para ficar sempre por dentro das novidades, assine o território deficiente em "ASSINE" e compartilhe essa postagem com os amigos (as). Até a próxima!

Essa postagem é exclusiva, não cometa crime de plágio!!! Cite a fonte e o link do blog pelo qual fez uso do artigo.





1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário:

  1. Ótimo texto! Eu adquiri o e-book e estou gostando, realmente ajuda muito. Recomendo!

    ResponderExcluir

Parceiros do Território