A Mulher com Deficiência: Desafios da Maternidade! - Território Deficiente
Colabore com o Blog. Faça uma doação! Ajude na manutenção desse projeto.

A Mulher com Deficiência: Desafios da Maternidade!

Esse artigo pode chegar a mais de 50 milhões de deficientes!!! Pratique a Inclusão, Compartilhe esse Post.
Compartilhe
A Mulher com Deficiência: Desafios da Maternidade!

Quando falamos sobre maternidade e deficiência encontramos muitos desafios. E na postagem de hoje vamos trazer alguns desses obstáculos que, mutas vezes, fazem com que a mulher com deficiência desista do sonho de ser mãe.

A Mulher com Deficiência: Desafios da Maternidade!


☛ Antes de continuarmos, temos uma dica importante que vamos deixar no final dessa postagem, portanto, continue lendo o texto que logo você saberá!

Não sou médica, mas pessoa com deficiência e também sou mãe!!! Meu primeiro ginecologista, falou para mim, que seria muito difícil eu conseguir levar uma gravidez até o final. Que provavelmente eu ia ter que ficar de repouso, pois eu tenho uma flacidez devido a minha falta exercícios.

Deixa explicar melhor, devido a minha deficiência, eu não ando muito, não faço nenhum esporte, não estímulo a região pélvica, atividades do dia a dia fazem a diferença no corpo de uma mulher... Então o médico falou que era melhor eu ter um cachorro. Ele realmente não sabia nada sobre mim, primeiro, tenho horror a cachorro e animais de maneira geral, é uma espécie de fobia.

Segundo, ser mãe era o sonho da minha vida, eu não ia desistir tão fácil assim. Médicos geralmente erram comigo, aquele também poderia estar errado!!!

Passou um tempo, alguns anos, o sonho não saía da minha cabeça, a idade também avançava e eu pensava: preciso tentar! Meu namorado, me achava maluca, não só ele, mas todo mundo. Bom, comecei a fazer as contas e logo engravidei!

Havia uma outra médica que eu conhecia. Me consultei com ela e foi  incrível! A tal da flacidez eu tenho mesmo, no entanto ela não atrapalha o curso da gravidez, apenas impede ter um parto normal. A gravidez transcorreu normalmente, não tive nenhum problema. Alice nasceu de 38 semanas, foi uma cesariana marcada, tudo ocorreu muito bem!

A deficiência não foi uma barreira para eu ser mãe. Contudo, não posso afirmar que toda mulher com deficiência pode engravidar e ter uma gestação sem nenhuma intercorrência, assim como também não é possível afirmar que qualquer mulher sem deficiência possa ter uma gestação perfeita.

A Mulher com Deficiência: Desafios da Maternidade!

☛ Quer saber mais sobre: Mulher e deficiência?

Com base na minha experiência de vida, posso falar que você deve sempre ouvir uma segunda, terceira opinião, procurar um profissional que te olhe como ser humano e também que curta um desafio! E falando em desafio, a gravidez não foi o maior deles, e sim, ter o respeito das pessoas. Me refiro a todas as pessoas. Elas têm muita dificuldade de me enxergar como mãe!

Vou explicar para que fique mais fácil de entender: São os meus pais que me ajudam com a Alice no dia a dia e aí têm momentos que eles simplesmente “esquecem” que são avós e querem tomar algumas decisões simples como, por exemplo, dar um chocolate para a menina. Poxa, não quero que ela coma açúcar!!! Os avós acham que têm um direito sobre ela, mais do que os outros netos.

Não estou sabendo lidar com isso, eles praticamente não me deixam errar como mãe! Com muita dificuldade esta situação tem mudado, eu  faço questão de tentar fazer tudo antes para mostrar que eu sei, apenas preciso de ajuda para algumas atividades, como dar banho, comida... Mas educar, essa é a minha parte!

Quando estou com a Alice, detesto que chamem atenção dela, não precisa, eu chamo, eu brigo. Em alguns momentos sou mais rigorosa do que precisa, porque não quero que os outros chamem a atenção da minha filha.

Parece besteira, mas não é! Já sofri muito, ainda sofro, têm horas que não sei o que fazer. Procurar ajuda? Talvez sim! O fato é, uma mulher com deficiência ter filho ainda é algo raro, não tem uma base para eu saber que mesmo com tudo isso, sou mãe e a Alice vai ter eu como referência, como a mãe dela. É isso que eu quero!!!

☛ E aí, vamos para a dica importante?

Hoje o nosso texto foi sobre: A Mulher com Deficiência: Desafios da Maternidade! Se você chegou até aqui é porque esse assunto te atrai. E se dissermos que temos um e-book digital exclusivo: Manual da Mulher com deficiência e que ele pode ser seu agora mesmo? Inclusive com 2 bônus especiais que você vai adorar!
A Mulher com Deficiência: Desafios da Maternidade!
 O que você está esperando para ter o seu Manual e ainda esses dois brindes maravilhosos?


Curta a nossa página no facebook para ficar sempre por dentro das novidades, assine o território deficiente em "ASSINE" e compartilhe essa postagem com os amigos (as). Até a próxima!

Essa postagem é exclusiva, não cometa crime de plágio!!! Cite a fonte e o link do blog pelo qual fez uso do artigo.
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Parceiros do Território

[Fechar]