Digital Influencer com Deficiência: Por onde Começar? - Território Deficiente Digital Influencer com Deficiência: Por onde Começar? - Território Deficiente

Digital Influencer com Deficiência: Por onde Começar?

Pessoas com deficiência têm entrado em contato constante com o Território Deficiente trazendo para nós a questão que deu origem ao tema da postagem de hoje: Digital Influencer com Deficiência: Por onde Começar? A pergunta e a causa são pertinentes e merecem sim uma postagem especial.

Digital Influencer com Deficiência: Por onde Começar?

Digital Influencer com Deficiência: Por onde Começar?

O QUE É UM DIGITAL INFLUENCER?

Digital influencer é a pessoa que cria posts, vídeos e conteúdos e espalha suas ideias e proposta na internet por meio das redes sociais, essa pessoa costuma ter muitos fãs, seguidores e engajamento em seus textos e vídeos.

Esse (a) digital incluencer cria e tem acesso a um grupo específico de pessoas com interesse em suas publicações e recomendações. Claro que a credibilidade faz toda a diferença nesse cenário, e através dela o influenciador (a) dita as tendências de mercado em segmentos e nichos diversos.

11 INFLUENCERS DIGITAIS COM DEFICIÊNCIA PARA VOCÊ CONHECER

Temos muitas influenciadoras com deficiência, que criam conteúdos sobre assuntos diversos, como acessibilidade, inclusão social, moda, beleza, empoderamento etc. Mas isso não quer dizer que você sendo homem com deficiência não possa ser um ótimo digital influencer. Que isso fique claro! Acompanhe a seguir alguns influencers com deficiência.

1. Mariana Torquato - Canal no Youtube: Vai uma mãozinha ai
2. Patrícia Lorete - Canal no Instagram: @janeladapattyinclusica
3. Fernando Fernandes - Ex BBB Canal no Instagram: @fernandolife
4. Paola Antonini - Canal no Instagram: @paola_antonini e no YouTube
5. Nathalia Santos - Instagram: @nathaliasantos
6. Toni Vaz - Canal no Youtube: Vai cadeirante
7. Heloísa Rocha - Canal no Instgram: @modaemrodas
8. Michele Simões - Canal no Instagram: @micsimoes
9. Daniela Bezerra - Canal no Instagram: @danielabezerra
10. Clarinha Mar - Canal no Instagram: @clarinhamaroficial
11. E, especialmente, falamos da Vânia Martins - Canal no Instagram: @rampadeacesso

Vânia, foi uma das primeiras mulheres com deficiência a ganhar dinheiro na internet no nicho da beleza. Infelizmente ela foi vítima da covid-19, essa tragédia mundial. Conheça o legado que  a Vânia nos deixou. Acesse suas redes sociais.

Esses são apenas alguns influncers de destaque com deficiência na internet, esperamos que, em breve e com a ajuda desse post, você possa também fazer parte dessa lista.


DIGITAL INFLUENCER COM DEFICIÊNCIA: POR ONDE COMEÇAR?

Essa é a pergunta capital da postagem, e vamos responder com base em nossa vivência e experiencia de mais de 10 anos de internet. Penso que um BLOG seja um ótimo caminho para iniciar como digital influncer.

PORQUE UM BLOG?

Digital Influencer com Deficiência: Por onde Começar?

Antes do surgimento das redes sociais o blog já existia. E é uma das primeiras ferramentas utilizadas para influenciar pessoas através de textos, artigos e matérias. O blog sempre teve sua importância e valor inestimável na internet.

Existem muitas pessoas que trabalham única e exclusivamente com blog. As redes sociais também são de extrema importância e influenciadores (as) usam dessa ferramenta como recurso para trabalho e renda, ou simplesmente como hobby para divulgar suas ideias, e através delas, ditarem tendências e influenciar pessoas.

As redes sociais têm os seus algoritmos e diretrizes que mudam constantemente, dificilmente você pode falar de uma rede social buscando seguidores e pessoas através de outra rede social, isso pode te trazer penalidades e até mesmo perda ou suspensão do canal. Você também não pode ter ações repetitivas na sua rede social, pois os algoritmos entendem que você está praticando SPAM.

Com blog isso não acontece, no blog você pode fazer apontamentos e compartilhamentos para youtube, pinterest, instagram, facebook e qualquer outra rede social e você não será penalizado nem perderá a sua conta. Além do mais, através do blog, você poderá criar textos e artigos que sempre estarão disponíveis nos buscadores do Google, coisa que dificilmente você vai conseguir nas redes sociais.


Um exemplo: Esse post sobre digital influencer com deficiência. Assim que publicarmos, ele estará disponível no maior buscador do mundo que é o Google, isso significa que quando alguém buscar por essas palavras chaves  e assunto o Google vai trazer para essa pessoa esse texto que você está lendo agora. Percebeu a diferença e o porquê recomendamos iniciar no marketing digital de influencers através de um blog?

Entendi e quero começar com um blog. O que devo fazer para iniciar agora mesmo? A Renata Massa, uma amiga nossa, tem um material completo em vídeo aulas que ensina passo a passo o caminho para se tornar um digital influencer através de um blog.



Dica do território Deficiente: Esse material da Renata que recomendamos e que usamos aqui no blog, também te ensina a iniciar como digital influencer usando somente as redes sociais caso você não queira ter um blog. Clique aqui e conheça.

Mesmo com esse texto, dicas e orientações você ainda está com dúvidas? Fale conosco agora mesmo aqui no WhatsApp estaremos disponível para te ajudar da melhor maneira possível a se tornar um digital influencer de sucesso na internet, até a próxima pessoal!

Para não perder nenhuma das nossas atualizações, postagens e dicas recomendamos que você:

Assine o blog gratuitamente;
Siga-nos no Instagram;
Curta-nos no Facebook;
Siga-nos no Pinterest;

Essa postagem é exclusiva, não cometa crime de plágio!!! Cite a fonte e o link do blog pelo qual fez uso do artigo.


Espalhe essa postagem por ai!!! Quer saber sobre: Marketing digital, fale com a gente.
Compartilhe
Deixe aqui seu comentário!

2 comentários:

  1. Curso muito bom. Super recomendo👏🏼👏🏼

    ResponderExcluir
  2. Valeu Glau pela seu comentário, realmente esse treinamento é um dos mais completos da internet e ensina passo a passo a pessoa iniciar como digital influencer.

    ResponderExcluir

Parceiros do Território