Corponormatividade e Deficiência: O que você precisa saber! - Território Deficiente Corponormatividade e Deficiência: O que você precisa saber! - Território Deficiente

+ Recente

Corponormatividade e Deficiência: O que você precisa saber!

Na postagem de hoje vamos falar sobre o conceito de corponormatividade e o seu impacto capacitista, preconceituoso e discriminatório em relação as pessoas com deficiência. Antes de mais nada vamos entender o que é corponormatividade.


Corponormatividade e Deficiência

A corponormatividade é um conceito que acompanha as discussões sobre as discriminações de pessoas com deficiência, pois são considerados corpos “normais” aqueles que não apresentam deficiências, vendo as deficiências como falhas. Assim, um corpo sem deficiência é considerado um padrão a ser seguido.

Mas o que isso impacta na vida das pessoas com deficiência, o que significa?

É sempre complicado falar sobre estereótipos, perfeição e padrão de beleza, uma vez que as pessoas com deficiência em sua grande maioria foge, não se encaixam nesse conceito criado por boa parte da sociedade, e isso significa que as pessoas com deficiência se sentem excluídas de modo geral.

E o que isso pode gerar na vida das pessoas com deficiência?

É evidente que tal padrão criado pela sociedade, gera angustia, exclusão e sofrimento. Uma vez que quando colocado, imposto esse padrão e a pessoa com deficiência não se encaixa nele cria-se uma separação, uma espécie de dois mundos o dos corpos normais, padronizados, lindos e o oposto. 

Sofremos muito com esse lance de corponormatividade, no trabalho, na escola, na balada e faculdade.

  • No trabalho as pessoas com deficiência não é encaixada no perfil da empresa.
  • Na escola as crianças e adolescentes com deficiência, são excluídas por não serem “normais”.
  • Na balada as pessoas sem deficiência, nem olham para pessoas com deficiência por não terem a beleza criada pela sociedade.
  • E na faculdade as pessoas com deficiência são vista fora do padrão naquele ambiente.
Vamos levantar a cabeça e refletir sobre a corponormatividade, quem perde nessa disputa é a sociedade, até porque ,existem  muitas pessoas com deficiência lindas (os)! A questão do corpo perfeito, da padronização da beleza, a nosso ver se trata de uma questão de olhar, é um ponto de vista, não o fim!!!

Vencer e superar obstáculos já faz parte da vida das pessoas com deficiência, e a corponormatividade é só mais uma pedra, que vamos usar para continuar a nossa construção de uma sociedade mais justa e verdadeiramente inclusiva.

Chegamos ao final desse texto, gostaríamos muito de conhecer a sua opinião sobre o assunto em nossa área de interação, que chamamos de comentários, sua participação é muito importante para nós!

👉  Quer receber assuntos como esse, direto na sua caixa de e-mail e ainda levar dois e-books grátis? Então assine o blog agora mesmo e siga-nos nas redes sociais, desde já agradecemos!!!


Espalhe essa postagem por ai. Tem uma sugestão de postagem? Envie pra gente aqui!!!
Compartilhe
Deixe aqui seu comentário!

2 comentários:

  1. Enquanto a sociedade ditar o padrão teremos o desafio de superação, a luta continua e devemos fazer a nossa parte, lutando, defendendo e convivendo fora desse censo de normais!

    ResponderExcluir

Parceiros do Território