Namoro Virtual e Pessoas com Deficiência: O Guia Essencial. - Território Deficiente Namoro Virtual e Pessoas com Deficiência: O Guia Essencial. - Território Deficiente

+ Recente

Namoro Virtual e Pessoas com Deficiência: O Guia Essencial.

Atualmente, a internet pode ser um auxílio para ter, dar e receber prazer. E isso têm ficado mais comum e prático na vida de muitas pessoas com deficiência. Com a grande variedade de aplicativos que vêm surgindo e com o avanço da tecnologia, as possibilidades de se ter relacionamentos, e até mesmo um namoro virtual é grande!

Pessoas com Deficiência e o Namoro Virtual

No mundo da internet as pessoas podem ser quem elas quiserem, por isso é preciso muito cuidado porque eles(as) constroem castelos imaginários, e criam personagens que não são verdadeiramente a pessoa, em compensação, quando ambos estão sendo reais mesmo virtualmente, durante a conversa se sentirão mais soltos e livres para conquistar um ao outro.

Um namoro virtual faz com que as pessoas com deficiência se sintam totalmente livres na sua intimidade e afetividade, pois não têm julgamentos, estereótipos, e tabus.

Então, como é namorar á distância?

✓  Sinceridade acima de tudo;
✓  Manter-se perto mesmo longe;
✓  Ter mais confiança um no outro;
✓  Insira-se mais na vida do outro;
✓  Cuidado com o ciúme;
✓  Diálogo;
✓  Ser transparente e trabalhar com a verdade;
✓  Controlar a insegurança.

Vale lembrar que, o namoro virtual não pode substituir a vida real. O ser humano precisa de contato, convivência, tudo isso é impossível ter no mundo virtual e é essencial para o sujeito.

O que conversar com o namorado (a) à distância?

Outra dica é, quando estiver com a pessoa, falar coisas boas, transmitir alegria e paz para o outro.

Pessoas com Deficiência e o Namoro Virtual


Relacionamento a distância dá certo?

A verdade é que, como em tantos outros tipos de relacionamentos, há pontos negativos e positivos. O que vale é saber que eles existem e tentar tirar o maior proveito deles. Vamos ver, quais os lados positivos e negativos nisso tudo.

👉 Positivo:

✓  A saudade faz a gente querer ficar coladinho (a);
✓  A gente exercita a paciência;
✓  A gente descobre como exercer a individualidade;
✓  Pode ser um momento para descansar de um relacionamento longo;
✓  Não é cansativo.

👉 Negativo:

✓  Relação intima virtual ajuda, mas não é a mesma coisa;
✓  A distância pode indicar que você não está pronto para namorar;
✓  Fica difícil controlar o ciúme;
✓  Podemos viver fantasias e não a vida real;
✓  Não dá pra confiar tanto.

O que fazer em um namoro á distância?

Um relacionamento à distância deve ser baseado, essencialmente, na confiança, embora nem sempre seja fácil mantê-la. Uma boa dica é manter a comunicação constante e, quando estiverem juntos, tentar encontrar os amigos e visitar os lugares dos quais ambos sempre falam.

O que fazer para manter um relacionamento à distância?

Seu amado (a) foi morar longe, isso não é o fim do mundo.

✓  Pense positivo;
✓  Confie;
✓  Aprenda a dividi-lo;
✓  Não culpe o outro;
✓  Use a tecnologia a seu favor;
✓  Façam planos juntos;
✓  Aprenda a se encantar por palavras;
✓  Visite.

E por fim, vamos finalizar esse texto com duas perguntas importantes

1. Quais são as chances de um namoro à distância dar certo?

A chance é 73%. Pelo menos é o que diz um levantamento do Centro de Estudos das Relações de Longa Distância, dos Estados Unidos. O critério de “dar certo”, para a pesquisa, foi durar mais de 6 meses.

2. Quais são os sites de relacionamento mais acessados?

✓  Tinder (Temos um texto sobre o Tinder das pessoas com deficiência. Confira aqui.)
✓  Badoo
✓  C-Date
✓  Happn
✓  POF
✓  Par Perfeito
✓  A Outra Metade
✓  be2

Diga para gente, quais os sites que já usaram, se já teve namoro ou relacionamentos á distancia , como foi essa experiência? Nos passe o seu feedback em relação ao texto, queremos sempre ajudar na melhor maneira possível.

Leia Também:


Dica do território: Nós temos um projeto paralelo ao blog que chamamos de: Projeto Território Deficiente E-books. Se você deseja se aprofundar nos assuntos relacionados à namoro, relacionamentos e sexualidade das pessoas com deficiência, não pode ficar sem os e-books desse projeto. 

Aqui está o site do projeto, se tiver dúvidas ou quiser maiores informações, fale com a gente nesse contato.

👉  Quer receber assuntos como esse, direto na sua caixa de e-mail e ainda levar dois e-books grátis? Então assine o blog agora mesmo e siga-nos nas redes sociais, desde já agradecemos!!!


Espalhe essa postagem por ai. Tem uma sugestão de postagem? Envie pra gente aqui!!!
Compartilhe
Deixe aqui seu comentário!

2 comentários:

  1. gostei do assunto. ja tive um relacionamento virtual qse deu certo, qdo tentamos o real ao complicou

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos a sua participação, temos dois e-books digitais que poderão te ajudar nessa busca.
      Clique aqui e acesse!

      Excluir

Parceiros do Território